Carne - Residência «Le Caïlcédrat»
k1521414.jpg
x10681109.jpg
res475_fit_244x162_0.jpg
Aves: galinhas, galinhas-do-mato, e codornizes são preparadas de diferentes formas. Podem ser degustadas salteadas ou assadas na brasa. O “poulet bicyclette’’  (galinha bicicleta) deve o seu nome às suas longas pernas que dão a impressão de que está a pedalar uma bicicleta quando corre. Ela é assada na brasa ou num grande forno vertical cuja porta é de vidro. Esta forma de cozer é chamada “galinha na televisão”. É também preparada com rabilé (fermento de dolo),  e chamada galinha no rabilé na língua Mooré. Encontramos as aves preparadas de todas as formas nas ruas, nos bares e nos espaços verdes existentes na cidade. Alguns desses pratos estão disponíveis em nossa residência. Para encomendar, por favor, ligue para os seguintes números de telefone: +226 70151197 ou +226 25375569
 
Espetadas: País de criação de gado, as espetadas de carne fizeram a fama do Burkina Faso na sub-região. As espetadas de zebu, de carneiro, de fígado, de rins, de moela são variedades que se podem degustar em todo o território nacional, em qualquer esquina. 
 
Leitão no forno: uma especialidade da região gurunsi, em particular de Réo. Nos mini fornos instalados em vários sítios é assado o leitão, carne degustada em particular durante o dia. É o prato mais solicitado pelos trabalhadores.  
 
Caça selvagem: Durante o período de caça, tornou-se comum degustar a carne selvagem em restaurantes especializados. Nesses sítios, os pratos vão desde a sopa aos assados na brasa e contêm carne de pequena caça (lebre, perdigão, porco-espinho, etc.) e grande caça (leão, javali, etc.).